Deixe a luz passar!

Deixe a luz passar!
Fiat lux!!!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

A Lua e a cigana!!!


Você colecionou emoções pelo caminho

Eu bem sei

E quando um vento morno tocar teu rosto

Pode ser alguém pensando em você

No meio da noite ou de lugar algum, do nada

Mas quando a lua sair pra te olhar

Alguém que te ama te chama de longe ou de bem perto

Porque as lembranças daqueles dias surgirão claras

Como água cristalina a te incomodar

E as palavras ditas ou não

Pesarão toneladas como os anos a curvar os ombros do Titã

Mas a lua ainda estará lá e vai sair a te olhar

E sei também que você estará sentada vendo uma estrela ofuscada pelo brilho da lua refletindo o sol

Será que nessa hora você vai se lembrar da dança do Cisne

E num rompante dançar nua noite adentro feito pluma ao vento

E, como a Guiomar, ser chamada de louca?

Pena nem todos saberem o que a dança proporciona às almas inquietas e selvagens.

A liberdade solta nos teus cabelos como fogo a queimar o trigal não pode ser loucura 

Senão a vontade e a volúpia do teu corpo a rodopiar 

Girando ora no ar ora na terra vermelha

Com teus pés a levantar poeira e criando algum mistério na noite em que a lua observa a 

plenitude da alma cigana a bailar; e só. 

Será?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o que leu e tudo que julgar importante do seu ponto de vista, contido no blog. Sua opinião é valiosa para mim e me ajudará a aperfeiçoá-lo, bem como a mim mesmo. Obrigado. Valeu!!!